RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Ataques a Bancos em 2012

17 DE DEZEMBRO
Uma tentativa de assalto ao Bradesco do bairro Conjunto José Walter, em Fortaleza, terminou com a explosão da área onde ficam os caixas eletrônicos por volta de 1h20min da madrugada. Segundo o Comando de Policiamento da Capital (CPC), o grupo não conseguiu levar o dinheiro e fugiu após a explosão. Ainda de acordo com o CPC, os acusados utilizaram dinamite para explodir o caixa. A Polícia acredita que o grupo atuava com olheiros devido à rápida  fuga do local.

16 DE DEZEMBRO
Clientes da agência Aldeota da Caixa Econômica Federal denunciaram a violação de caixas eletrônicos dentro da unidade. A Polícia foi acionada.

12 DE DEZEMBRO
Um homem foi vítima de “saidinha” bancária, durante a tarde, em frente à Assembleia Legislativa do Ceará, no bairro Dionísio Torres. Segundo informações do Ronda do Quarteirão da área, a vítima tinha acabado de sacar R$ 5,7 mil em uma agência do Bradesco localizada entre as avenidas Pontes Vieira e Desembargador Moreira.  Ainda de acordo com a Polícia, os criminosos chegaram em uma motocicleta de cor preta e abordaram o homem.

06 DE DEZEMBRO
Um grupo de seis homens explodiu uma agência bancária no município de Salitre (520 km de Fortaleza), por volta das 2 horas da madrugada da quinta-feira (6/12).  Segundo informações da Polícia Militar, o grupo invadiu a agência do Bradesco e efetuou a explosão com dinamite. Eles conseguiram tirar todo o dinheiro de um dos caixas eletrônicos, mas ainda não foi informada a quantia levada.

04 DE DEZEMBRO
Quatro bandidos mortos, outros três capturados e a apreensão de várias armas de fogo. Tudo isto aconteceu logo após uma quadrilha ter atacado a cidade de Palhano (150 km de Fortaleza) durante a tarde. O bando metralhou a sede do destacamento policial, fez dois PMs reféns e, ainda, explodiu os caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil. Funcionários da agência, clientes e seguranças foram facilmente dominados no banco, enquanto dois PMs eram mantidos reféns no Destacamento e, em seguida, foram usados como ´escudo humano´ na hora da fuga. A Polícia não informou se o dinheiro roubado do BB de Palhano foi recuperado. Esta foi a terceira vez, em apenas um ano, que a cidade de Palhano acabou atacada por assaltantes de bancos.

03 DE DEZEMBRO
Um empresário foi morto, por volta de meio-dia, em uma tentativa de assalto do tipo ´saidinha´ bancária, na Avenida Francisco Sá, no bairro Monte Castelo. Segundo informações da Polícia, dois homens, que estavam em uma motocicleta, seguiram João Carlos Clemente Soares, 66, dono da fábrica de panelas Ironte, de uma agência bancária, onde ele acabara de fazer um saque, até a fábrica. Diante do anúncio do assalto, ele teria reagido e, por isto, foi baleado por um dos assaltantes. A dupla foi embora sem levar o dinheiro. Um revólver de calibre 38, que estava em poder de um dos bandidos, foi abandonado no local no momento da fuga. O empresário chegou a ser socorrido, por sua esposa e por seu filho, mas não resistiu.

02 DEZEMBRO
Um caixa eletrônico do banco Banrisul foi arrombado, no início da tarde, na avenida Dom Luís, no bairro Aldeota. Segundo informações do Comando de Policiamento da Capital (CPC), o equipamento foi violado com a utilização de um maçarico. Conforme policiais do Ronda do Quarteirão da área, a Polícia tomou conhecimento do crime após uma denúncia feita por moradores vizinhos ao estabelecimento, que reclamaram do forte cheiro de material queimado.

02 DE DEZEMBRO
Três homens foram presos, durante a tarde, acusados de furtar R$ 41,8 mil de uma agência do Banco do Brasil, na cidade de Beberibe (83 quilômetros de Fortaleza). Segundo informações do destacamento da Polícia Militar do município, o furto ocorreu por volta das 13h30min. Como o estabelecimento fica localizado no Centro da cidade, um dos moradores teria percebido a ação e denunciado o crime. Numa ação rápida da Polícia, os três acusados foram detidos. Um deles portava a quantia furtada e ferramentas utilizadas no crime.

29 DE NOVEMBRO

O Banco do Brasil do município de Cedro (408 km de Fortaleza) foi arrombado durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, o gerente da agência percebeu que o telhado havia sido violado e a fiação cortada, comprometendo a gravação das câmeras do circuito interno que, inclusive, estavam “viradas”. Ainda de acordo com a PM, o grupo levou dois revólveres calibre 38 usados para a segurança do banco, mas não conseguiu roubar nenhuma quantia em dinheiro.

26 DE NOVEMBRO

Uma mulher de 29 anos foi vítima de saidinha bancária em Santana do Cariri (558 km de Fortaleza). R$ 15 mil foram levados. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), eram por volta de 10h quando a vítima trafegava a pé, transportando uma bolsa onde guardava um malote com a quantia. Ela tinha acabado de retirar o dinheiro no Banco do Brasil e levava para uma Casa Lotérica. No caminho, foi surpreendida por dois homens usando capacetes. Os homens tomaram a bolsa da vítima e fugiram em uma moto.


25 DE NOVEMBRO

Dois caixas eletrônicos do Itaú da Avenida Abolição, em Fortaleza, foram arrombados na tarde do domingo, dia 25/11. Os bandidos arrombaram a porta principal e levaram uma quantia não revelada e o leitor ótico de um dos equipamentos. A câmera do circuito interno também foi danificada. Cartazes falsos foram fixados nas máquinas indicando que estariam em manutenção. Policiais foram acionados pelo alarme do banco. Ninguém foi preso. 
 

20 DE NOVEMBRO

Bandidos tentaram assaltar a agência do Banco do Brasil de Nova Russas (316Km de Fortaleza). A Polícia cercou a agência e frustrou a ação. A ação criminosa, porém, foi iniciada, na noite anterior, por volta das 21 horas, quando o grupo sequestrou o gerente da agência e sua família, em sua residência. Por volta de 5 horas da manhã, um dos assaltantes levou a esposa do gerente e a babá para um cativeiro na localidade de Moringa, a cinco quilômetros de Nova Russas, já no vizinho Município de Ararendá. Enquanto isso, outro criminoso circulava com o gerente, repetindo a rotina dele para que não fossem levantadas suspeitas. O ladrão deixou as crianças na escola junto com o gerente e em seguida, por volta de 7 horas levou-o à agência. Ali, junto com um comparsa, rendeu os funcionários que iam chegando ao local de trabalho. Os próprios funcionários acionaram a Polícia.
 

05 DE NOVEMBRO

Três caixas eletrônicos de uma agência do Santander, no Centro de Fortaleza, amanheceram arrombados na segunda-feira, 5. Segundo a Polícia Militar, os funcionários do banco da Rua Barão do Rio Branco notaram o arrombamento ao entrar no prédio pela manhã e acionaram imediatamente a perícia para investigar o caso e constatar a quantia roubada. A PM investiga o caso.
 

02 DE NOVEMBRO
Uma quadrilha formada por, pelo menos, seis homens, tentou arrombar durante a madrugada um caixa eletrônico do Bradesco do Município de Umari (402 Km de Fortaleza). Os bandidos usaram dinamites, mas a carga não foi suficiente para abrir o aparelho. Com a explosão, o equipamento foi danificado e vidros da agência foram destruídos. Segundo a Polícia, com a falha na primeira tentativa, os ladrões tentaram arrombar o caixa eletrônico com um pé de cabra, mas também não conseguiram.
 

31 DE OUTUBRO
Quatro homens assaltaram um posto bancário do Banco do Brasil que funciona dentro de uma casa veterinária, por volta das 10h, no município de Orós (352,1km de Fortaleza). De acordo com informações do destacamento da polícia militar do município, os bandidos chegaram armados no comércio, que fica no centro da cidade, e renderam clientes e funcionários. Os assaltantes saíram atirando e fugiram em duas motos levando o dinheiro dos caixas e de clientes. Um guarda municipal foi feito refém, mas liberado logo em seguida. Ninguém ficou ferido.

31 DE OUTUBRO
Seis bandidos explodiram um caixa eletrônico do posto avançado do Bradesco, durante a madrugada, em Ibaretama (134,1 km de Fortaleza). De acordo com informações do destacamento da Polícia Militar do município, no posto funciona um único caixa eletrônico. Quando policiais chegaram ao local, o bando já havia fugido em três motos. Ainda segundo a polícia, os criminosos entraram quebrando a porta de vidro e arrombaram o caixa com explosivos. Apesar disso, nenhum dinheiro foi levado, segundo informou o gerente da agência.

29 DE OUTUBRO
O gerente do Banco do Brasil de Paraipaba (93 km deFortaleza) foi impedido pela Polícia Militar de abrir o cofre da agência. Segundo a PM, a ação foi denunciada pelo vigilante que estranhou a presença do gerente no início da manhã. Os policiais chegaram à agência e abordaram o gerente, que explicou ter ido pegar dinheiro com o objetivo de pagar o resgate de 14 familiares mantidos reféns em Fortaleza, no bairro Passaré, desde às 6h. O gerente desmaiou durante a operação, foi retirado do banco em uma maca pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o hospital local. O titular da delegacia anti-sequestro, Rommel Kerth, disse que os familiares foram libertados e deixados em uma van por volta das 10h, na BR-116, em Chorozinho, a 64,1 km de Fortaleza.

24 DE OUTUBRO
Bandidos arrombaram um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil, na cidade de Milagres (a 473 Km Fortaleza). Segundo a Polícia, cerca de R$ 40 mil foram levados pelos ladrões. O bando arrombou uma porta e invadiu o local. O sistema de monitoramento do banco registrou a ação praticada por quatro homens. Os ladrões abriram um dos quatro caixas, utilizando um maçarico.

11 DE OUTUBRO
Um militar do Corpo de Bombeiros foi vítima de uma "saidinha bancária" em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). No assalto foi levado aproximadamente R$ 11 mil. De acordo com a Polícia, o militar teria sacado a quantia em dinheiro em uma agência bancária da região. Em seguida, após sair do local em uma motocicleta, um homem armado o teria seguido até um determinando ponto onde foi anunciado o assalto.
 

3 DE OUTUBRO
Um grupo de 10 homens explodiu dois caixas eletrônicos e atirou contra o destacamento do município de Alto Santo (241 km de Fortaleza), por volta das 0h. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), os dez assaltantes invadiram o município e se  dividiram em dois grupos de cinco. Uma parte foi para o destacamento da Polícia Militar e utilizaram metralhadoras para atirar contra o prédio e a viatura. Os outros acusados explodiram dois caixas eletrônicos nas agências do Bradesco e Banco do Brasil e fugiram em quatro veículos levando o dinheiro.  Ainda não há informações sobre a quantia roubada. 

2 DE OUTUBRO
No município de Baturité (93 km de Fortaleza), a gerente de um banco foi abordada por um homem armado quando estava saindo da agência. O caso ocorreu por volta das 17h50min. Segundo informações do CPI, o homem pediu que a gerente voltasse ao banco e a vítima já entrava na agência quando viu um vigilante e acenou para mostrar o que estava acontecendo. O acusado se assustou e fugiu.

02 DE OUTUBRO
Um grupo de doze homens armados fez o gerente de um banco e funcionários de reféns durante uma tentativa de assalto, no Banco do Brasil do município de Coreaú (299,3 km de Fortaleza). O caso ocorreu por volta das 9h da manhã. Segundo informações do Comando de Policiamento Interior (CPI), o grupo fez o gerente e mais quatro funcionários reféns, em seguida, liberou três pessoas e seguiu apenas com o gerente e mais um funcionário. Depois os homens liberaram o restante das vítimas e fugiram em três automóveis e uma motocicleta.

30 DE SETEMBRO
Funcionários da agência do HSBC, localizada na Rua Major Facundo – 302, Centro, descobriram que dois caixas eletrônicos foram arrombados durante o fim de semana. Eles passaram na frente da bateria de caixas arrombaram a divisória, feita de aglomerado, e violaram os caixas utilizando ferramentas sofisticadas. Segundo informações da polícia, os ladrões usaram uma serra-copo, broca que abre um buraco circular cujo formato se assemelha a um copo. O valor levado ainda não foi revelado. Durante a noite, o banco conta apenas com a vigilância eletrônica, o que facilita as ações criminosas das quadrilhas especialistas nesse tipo de delito.

27 DE SETEMBRO
Três homens foram presos em flagrante quando tentavam arrombar o caixa eletrônico de uma agência do Banco do Brasil, no município de Redenção (55 km de Fortaleza). Segundo informações da Polícia, os homens estavam dentro do banco com um maçarico quando a Polícia chegou. Um grupo que estava fora da agência ainda fugiu, mas não levou dinheiro.

24 DE SETEMBRO
A agência do Banco do Brasil do Município de Tururu (124 Km de Fortaleza) foi alvo da ação de uma quadrilha de assaltantes. Armado com pistolas e um fuzil, o bando invadiu o estabelecimento, que estava sem clientes devido à greve dos bancários, rendendo o vigilante e o gerente. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), quatro homens entraram atirando para cima e contra portas de vidro da agência. Conforme a Polícia, a quadrilha desistiu do roubo. Os assaltantes fugiram levando apenas a arma e o colete do vigilante.

22 DE SETEMBRO
Um trio invadiu, durante a madrugada, uma agência do Banco do Brasil no Centro da cidade de Missão Velha, na Região do Cariri (504 Km de Fortaleza) e tentou arrombar um caixa eletrônico. A ação aconteceu por volta de três horas, mas o vigilante do local só percebeu que houve a tentativa de arrombamento, por volta de 8 horas. Imagens das câmeras do circuito interno de segurança mostraram quando os três homens chegaram à agência em um carro preto, entraram e tentaram abrir o equipamento com a ajuda de um maçarico. Eles insistiram por algum tempo, mas o caixa não abriu. Os criminosos abortaram a ação e fugiram no mesmo carro que chegaram, sem levar nada.
 

19 DE SETEMBRO
Um caixa eletrônico da agência do Banco de Brasil de Umirim (109km de Fortaleza) foi arrombado durante a madrugada. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), indivíduos usaram um maçarico para abrir o caixa e fugiram levando o dinheiro. Ainda de acordo com o CPI, o caso ocorreu por volta de 3h e não houve explosões ou ataques ao destacamento da Polícia Militar do município.

6 DE SETEMBRO
Uma quadrilha composta por cerca de oito assaltantes explodiu caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil em Palhano (região Jaguaribana) a 150 quilômetros de Fortaleza, durante a madrugada. Uma parte do grupo metralhou o destacamento da Polícia Militar e furou pneus de viaturas; outra parte, foi à agência, explodiu caixas eletrônicos, mas não conseguiu levar o dinheiro. Esta é a terceira ação contra caixa eletrônico em menos de 72 horas no Ceará.

4 DE SETEMBRO
Assaltantes arrancaram a parte frontal de um caixa eletrônico e levaram R$ 145 mil da agência do Banco do Brasil, no município de Amontada, a 180 km de Fortaleza. O roubo ocorreu por volta das 11 horas. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), a parte frontal do caixa eletrônica foi arrancada e a fiação interna sofreu modificação. A máquina apresentou curto circuito e passou a soltar dinheiro.

03 DE SETEMBRO
Três caixas eletrônicos de uma agência bancária do Bradesco foram explodidos durante a noite, na avenida João Pessoa, bairro Parangaba. O bando usou explosivos para abrir os caixas, provavelmente dinamites, pelo estrago provocado na agência. A tentativa de assalto ocorreu por volta de 20 horas. Com a explosão, uma parte de um dos caixas explodidos foi arremessada cerca de 30 metros para fora da agência. Ninguém foi atingido. Além dos caixas, a explosão danificou o teto e parte da sala da gerência do banco. Os assaltantes não conseguiram levar dinheiro.

31 DE AGOSTO
Uma quadrilha composta por cerca de dez homens invadiu a sede da Prefeitura Municipal de General Sampaio (143Km de Fortaleza) e tentou explodir o caixa eletrônico de um banco que funciona no prédio. Todavia, o grupo não conseguiu concretizar o roubo e, na fuga, trocou tiros com a Polícia. Uma pessoa acabou ficando ferida. O ataque, segundo registros do Comando do Policiamento do Interior (CPI), ocorreu por volta de 23 horas. Os ladrões chegaram ao local em dois carros, invadiram o prédio e seguiram direto para o caixa eletrônico, onde usaram artefatos para provocar a explosão. No entanto, não conseguiram. Como a ação já demorava mais de dez minutos, o bando decidiu abortar o plano e escapar dali
 

20 DE AGOSTO
Bandidos armados de pistolas assaltaram na segunda-feira (20) um cliente que saía de uma agência bancária no município de Iguatu, a 384 km de Fortaleza. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), foram roubados mais de R$ 90 mil no crime de "saidinha bancária".

13 DE AGOSTO
Uma quadrilha de 15 homens armados invadiram e assaltaram uma agência do Banco do Brasil no município de Morada Nova. De acordo com a delegacia da cidade, houve confronto com policiais e troca de tiros. Os assaltantes fizeram 20 pessoas reféns, entre elas, os funcionários do BB, e fizeram um escudo humano na frente da agência. O tesoureiro foi colocado na mala de um carro junto com o dinheiro roubado. A ação ocorreu por volta das 16h45.

6 DE AGOSTO
Cinco homens atacaram um carro-forte no Centro de Fortaleza. Segundo testemunhas, seguranças recolhiam dinheiro da farmácia Pague-Menos, no cruzamento das ruas Guilherme Rocha com Senador Pompeu, quando foram abordados pelos bandidos. Houve troca de tiros. De acordo com funcionários do estabelecimento, os bandidos fugiram levando os coletes dos seguranças. Nenhum valor teria sido roubado de acordo com as testemunhas.

6 DE AGOSTO
Dois homens armados assaltaram uma agência móvel do Banco do Brasil, no município de Juazeiro do Norte. Durante a ação, que ocorreu por volta de 12h, a dupla levou uma quantia calculada entre R$ 25 mil e R$ 30 mil, de acordo com informações preliminares da Polícia. O trailer, tipo Topic, fica estacionado em frente a uma agência da instituição financeira, no bairro Pirajá. Segundo a Polícia, no local são recebidos pagamentos de valores menores. Após o assalto, a dupla fugiu e nenhum suspeito foi preso.

02 DE AGOSTO
Uma quadrilha fortemente armada explodiu, durante a madrugada, caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil da cidade de Milhã (301 km de Fortaleza). Segundo o destacamento da Polícia Militar do município, parte da quadrilha atirou contra o destacamento, atingindo uma viatura do Pró-Cidadania. Três homens estavam de plantão. A ação aconteceu por volta de 2h30min. O bando usou explosivos no assalto e a agência foi bastante danificada. Não há informações de quanto em dinheiro foi levado pela quadrilha.

31 DE JULHO
Um homem foi preso em flagrante quando tentava violar caixas eletrônicos do Bradesco no centro do município de Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Policiais militares do Ronda do Quarteirão receberam uma denúncia via CIOPS que o alarme do banco teria sido acionado. O acusado chegou a oferecer o dinheiro do furto para os policiais para ser liberado, segundo informações do Ronda do Quarteirão. O homem já havia violado dois caixas eletrônicos e tinha em sua posse a quantia de R$ 23.405,00 em dinheiro, dois celulares, uma mini CPU, um GPS, um teclado numérico, que estava sendo usado para sacar o dinheiro dos caixas. O acusado, juntamente com todo o material, foi conduzido à Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC).

28 DE JULHO
Uma quadrilha de assaltantes explodiu durante a madrugada o caixa eletrônico de um posto avançado do Bradesco, situado no Distrito de Almofala, no Município de Itarema (a 237 Km de Fortaleza). O bando fugiu sem levar o dinheiro. A ação ocorreu por volta das 3h. Os assaltantes colocaram uma carga de explosivos no terminal de autoatendimento e fizeram a detonação. Com a explosão, o caixa eletrônico foi danificado, assim como as portas de vidro do posto bancário. Mesmo com a explosão, os bandidos não conseguiram abrir o compartimento onde o dinheiro estava armazenado.

20 DE JULHO 
Dois caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil do município de Uruburetama (127 km de Fortaleza) amanheceram arrombados. Os equipamentos foram encontrados com buracos feitos, segundo a Polícia, com uma máquina sofisticada. A Polícia não divulgou a quantia roubada pelos bandidos.

11 DE JULHO
Um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil foi arrombado no município de Redenção, a 63 km de Fortaleza, na madrugada. Segundo informações do Comando de Policiamento do Interior, o gerente chegou ao local no início da manhã e constatou o arrombamento. A Polícia não informou a quantia levada pelos arrombadores.

11 DE JULHO
Uma quadrilha de aproximadamente seis pessoas explodiu um carro-forte da Brinks, no município de Ibaretama, distante 134 quilômetros de Fortaleza. Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, o ataque ocorreu por volta das 17 horas. Houve perseguição e troca de tiros com a Polícia. Um policial foi baleado de raspão. Dois acusados de participar da ação foram presos. Os bandidos, fortemente armados, utilizaram quatro carros e duas motocicletas. Os marginais "trancaram" o veículo de transporte de valores, renderam os seguranças e em seguida o explodiram, destruindo o veículo.

10 DE JULHO
O cantor e produtor musical José Antônio de Morais Pires, o Tony Morais, foi morto em uma suposta tentativa de assalto “saidinha”, na Grande Messejana. Ele havia sacado a quantia de R$ 10 mil e foi baleado por dois bandidos que estavam em uma moto. Tony foi levado para o hospital por três homens, que acabaram presos, pois estavam com o dinheiro da vítima escondido sob as roupas. O comerciante Cícero Morais, irmão do cantor, disse que ele saiu de casa, no bairro Água Fria, no fim da manhã, e se dirigiu à agência do Bradesco na Avenida Washington Soares. Sacou R$ 10 mil e, no caminho para o seu escritório, localizado na Rua Afonso Henrique, no Conjunto São Miguel, na Grande Messejana, conforme testemunhas, teve sua Hilux branca interceptada por dois desconhecidos.


09 DE JULHO
Dois homens em uma motocicleta abordaram uma mulher que iria realizar um depósito no Banco do Nordeste de Quixadá e levaram R$ 24.108 mil em espécie, por volta das 14h. De acordo com informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), a mulher de 39 anos é proprietária de um supermercado no município. A vítima informou à Polícia que um dos acusados estava usando uma bata de mototaxista. Ambos estavam armados com revólveres.

28 DE JUNHO
Um grupo de assaltantes fez refém a família da gerente do Bradesco do município de Mauriti, a 491km de Fortaleza. De acordo com a Polícia, a gerente foi levada até o banco onde foi realizado o assalto. Ela foi obrigada a abrir o cofre da unidade. Os assaltantes pegaram todo o dinheiro do cofre e em seguida fugiram, com os outros participantes em vários carros.

25 DE JUNHO
Policiais militares do Batalhão de Policiamento Comunitário (BPCom-Ronda do Quarteirão) prenderam dois homens acusados de praticar um assalto do tipo “saidinha” bancária, no distrito de Jurema, em Caucaia. A vítima, um comerciante, saiu de casa para realizar pagamentos. Depois de passar por duas lojas, ele foi à agência da Caixa Econômica da Avenida Dom Almeida Lustosa. Ao sair do banco, ele foi seguido por dois homens. Quando chegou a uma casa lotérica, na mesma avenida, acabou atacado. Um dos assaltantes desceu de uma moto, apontou a arma para o peito do comerciante e roubou R$ 1.757,00. Os dois homens fugiram. A Polícia iniciou a perseguição aos acusados. Com a dupla de acusados, os policiais militares apreenderam o dinheiro da vítima e um revólver de calibre 38 municiado.

14 DE JUNHO
Dois clientes foram vítimas de assaltos: uma chegadinha e uma saidinha bancária. Policiais do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) prenderam dois homens que haviam roubado cerca de R$ 53 mil de um funcionário de uma loja que chegava a uma agência do Itaú, no Centro de Fortaleza. O assalto ocorreu às 14h30min, quando um funcionário da loja CD Max, da rua Floriano Peixoto, iria realizar um depósito. Ao chegar à agência, os dois homens, portando uma pistola, anunciaram o assalto. O malote continha cerca de R$ 45 mil em cheques e R$ 8 mil em dinheiro. O crime é conhecido por "chegadinha bancária". Além de recuperar o dinheiro, a polícia apreendeu a pistola e a moto, que era roubada. No mesmo dia, um idoso sacou R$ 5 mil de uma agência do Itaú, na Av. Santos Dumont, quando foi abordado na saída do banco. Na ocasião, ele falava ao telefone com uma funcionária, o ladrão roubou o dinheiro e o celular do idoso. No entanto, a funcionária dele não encerrou a ligação e, ao entender que o patrão tinha sido vítima de um assalto, acionou a polícia.

06 DE JUNHO
Duas saidinhas bancárias com prejuízo de R$ 9 mil foram registradas no início da tarde, em Fortaleza. As duas vítimas sacaram dinheiro em bancos localizados na avenida João Pessoa, no bairro Parangaba. Na primeira ação, um homem retirou a quantia de R$ 5 mil de uma agência do Bradesco. Ao sair, foi seguido até ser abordado no bairro Jóquei Clube. A segunda vítima sacou R$ 4 mil no Itaú e foi aborda no bairro Antônio Bezerra.

05 DE JUNHO
O ataque armado aconteceu no fim do expediente bancário, por volta das 15h50, no momento em que o funcionário de uma concessionária de veículos importados chegava à agência do Banco Itaú, no cruzamento da Avenida Santos Dumont com a Rua Vicente Leite, na Aldeota, para entregar um malote. Nele havia cerca de R$ 372 mil em cheques e R$ 18 mil em espécie. Segundo apurou a Polícia, eram quatro homens portando pistolas. Rapidamente, eles renderam os seguranças da agência, tomaram suas armas e agrediram com socos o funcionário da concessionária que iria fazer o depósito do dinheiro das vendas. Em seguida, os criminosos roubaram o dinheiro que havia na bateria de caixas e também objetos pessoais dos clientes.

05 DE JUNHO
Cerca de cinco homens renderam duas funcionárias e arrombaram um caixa eletrônico do Banco do Brasil que fica dentro da Associação Cearense dos Auditores Fiscais da Receita Federal, na rua Ildefonso Albano, bairro Aldeota, em Fortaleza.Segundo uma das funcionárias, que pediu para não ser identificada, ela estava abrindo a associação por volta das 7h30, quando a quadrilha chegou em um carro, rendeu-a e amarrou as mãos delas. Uma segunda funcionária que chegou em seguida também foi feita como refém.As testemunhas informaram que os acusados se dirigiram primeiramente a uma sala onde fica o cofre da associação. Por não terem conseguido abri-lo, foram para a sala ao lado, onde estava o caixa eletrônico, e usaram um maçarico para abrir o equipamento. A quantia levada não foi divulgada.

03 DE JUNHO
Bandidos arrombaram, durante a madrugada, um caixa eletrônico do Banco do Brasil da cidade de Redenção. A quadrilha usou um maçarico para violar o equipamento. O valor do furto não foi divulgado.

31 DE MAIO
Uma quadrilha fortemente armada explodiu o cofre de uma agência do Bradesco no município de Tamboril (região dos Inhamuns), a 301 quilômetros de Fortaleza, por volta de 2 horas da madrugada. Segundo informações do destacamento da Polícia Militar do município, a agência ficou bastante destruída com a explosão. De acordo com a PM, entre 15 a 20 homens realizaram a ação. Parte do grupo se dirigiu ao destacamento da PM e efetuou vários disparos para intimidar os policiais. Uma viatura do Pró-Cidadania foi atingida por tiros. Ainda de acordo com a Polícia, os assaltantes portavam armas de grosso calibre, como fuzis, pistolas e escopetas. O resto do bando se dirigiu à agência e violou o cofre. Ainda não se sabe quanto foi levado pelo bando.

21 DE MAIO
Dois homens armados atacaram, por volta das 14h, um funcionário da agência do Bradesco Express, situada no bairro Dom Lustosa, e roubaram um malote contendo R$ 104 mil. A vítima saía do posto de serviços do banco quando foi surpreendida pela dupla de assaltantes. Os dois assaltantes, vestidos com roupas pretas, chegaram a pé ao estabelecimento e abordaram a vítima em um local onde não podiam ser vistos pelas câmeras de segurança. Armados com pistolas, eles anunciaram o assalto e tomaram o malote com o dinheiro. Os dois homens fugiram a pé, mas entraram em um veículo que estava parado em uma rua próxima ao local do roubo. A Polícia acredita que os bandidos tinham informação privilegiada.

20 DE MAIO
Homens armados arrombaram um caixa eletrônico do Banco do Brasil em Tabuleiro do Norte e furtaram uma quantia em dinheiro ainda não informada. Os homens entraram pela parte de trás do imóvel, renderam e amarraram o vigilante. Com um maçarico, fizeram um buraco no caixa eletrônico. As câmeras de segurança foram danificadas e até mesmo os HDs dos computadores com as gravações do monitoramento no local foram levadas.

18 DE MAIO
Uma quadrilha armada explodiu dois caixas eletrônicos dos bancos Bradesco e Banco do Brasil, no município de Apuiarés (128 quilômetros da Capital), durantea madrugada. Segundo informações da Polícia Militar do município, parte da quadrilha se dirigiu aos caixas enquanto outros efetuaram vários disparos contra o destacamento da PM. O bando usou explosivos para violar os equipamentos. No momento do assalto, por volta de meia-noite, havia quatro homens de plantão no destacamento. Ninguém ficou ferido com os disparos. Segundo levantamento preliminar da Polícia, a quadrilha conseguiu levar dinheiro dos dois caixas eletrônicos, mas não há informações da quantia roubada. Foram encontradas várias cédulas queimadas ao lado dos equipamentos.

15 DE MAIO
Um crime de “saidinha bancária” foi registrado na Aldeota, área nobre de Fortaleza. Segundo o Comando de Policiamento da Capital (CPC), um cliente do banco Itaú foi seguido por sete quarteirões após sacar R$ 7 mil e foi assaltado. Ninguém foi preso.

8 DE MAIO
Cerca de cinco homens invadiram e assaltaram, no início da tarde, uma agência do Bradesco da avenida Abolição, esquina com rua Silva Paulet, no bairro Meireles, em Fortaleza. Na ação, um vigilante e uma mulher foram feitos como reféns. Segundo a Polícia Militar, os acusados chegaram em um carro branco e uma motocicleta de placa provavelmente fria. Após anunciar o assalto, parte do grupo se dirigiu à bateria de caixas, obrigando os bancários a entregar o dinheiro, enquanto outros mantinham clientes sob a mira das armas. Quando os assaltantes estavam saindo da agência, um carro forte chegou ao banco. De acordo com a polícia, com medo dos seguranças do veículo, o bando fez uma cliente e um vigilante como reféns para conseguir fugir. Os acusados, segundo a PM, chegaram ainda a atirar contra as vidraças.

4 DE MAIO
Dois adolescentes foram apreendidos após perseguição policial pelas ruas e avenidas no Distrito Industrial, em Maracanaú. A vítima da saidinha bancária sacou R$ 6.320,00 no Banco Itaú. Depois do saque, o cidadão entrou em uma topique e foi seguido por um dos acusados dentro do coletivo. Depois de ter o dinheiro roubado, a vítima encontrou a patrulha do Ronda do Quarteirão (RD-1093) que iniciou a perseguição a dupla de assaltantes.Durante a fuga, os adolescentes caíram da moto e foram rendidos pelos PMs. Com eles foram apreendidos o dinheiro roubado da vítima e um revólver de calibre 38 municiado.

30 DE ABRIL
Um caixa eletrônico do Banco do Brasil foi alvo de assaltantes no município de Morrinhos, região Norte do Estado. A ação aconteceu durante a madrugada. Os bandidos usaram um maçarico para abrir o caixa eletrônico. Não foi divulgado quanto foi levado.

27 DE ABRIL
Dois homens usando terno e gravata assaltaram, durante a manhã, a agência do banco Itaú da avenida Washington Soares, próximo ao Shopping Via Sul, em Fortaleza. De acordo com a polícia, a dupla rendeu o vigilante e a gerente do estabelecimento e a obrigou a abrir o cofre. Eles entraram no banco às 8h30 e só por volta das 10h, saíram do local. A gerente foi abordada pelos bandidos no momento em que entrava no banco. Segundo a polícia, a dupla conseguiu levar cerca de R$ 140 mil.

26 DE ABRIL
Cinco “saidinhas bancárias” foram registradas somente em um dia, em Fortaleza. Todas as ações possuem a mesma característica: a abordagem foi realizada por dois homens em uma motocicleta. Segundo a polícia, o prejuízo das vítimas foi de R$ 18 mil. A primeira ocorrência aconteceu no bairro Presidente Kennedy quando uma dupla abordou um homem e levou R$ 3 mil. Logo depois, no Montese, dois homens levaram mais R$ 3 mil e a arma de um policial militar. Na rua Dr. José Lourenço, Aldeota, dois homens abordaram um entregador de uma empresa levando R$ 7 mil reais da vítima. A ação aconteceu em uma agência bancária localizada na Avenida Santos Dumont. Logo após, uma dupla roubou R$ 3 mil de um homem que havia sacado o dinheiro em um banco na Avenida Abolição. No Álvaro Weyne, a última ação registrada foi realizada na Avenida Dr. Theberge quando R$ 2 mil reais foram levados próximo a um banco localizado na Avenida Francisco Sá.

22 DE ABRIL 
Dois caixas eletrônicos do banco Santander, em frente à Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa), no município de Maracanaú, foram arrombados durante a madrugada. Os suspeitos invadiram a agência e levaram em torno de R$ 35 a 40 mil. Os acusados arrombaram a entrada de envelopes para depósito com um pé-de-cabra. A vigilância era feita apenas por circuito interno de tevê.


18 DE ABRIL
Três clientes foram vítimas de "saidinhas bancárias" à tarde, em Fortaleza. Ao todo, as três pessoas tiveram roubados R$ 64.500,00. Todas as vítimas eram homens e clientes do Bradesco. Segundo o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), dois assaltos ocorreram às 14h30 em dois bairros diferentes. Um cliente foi assaltado no Montese após ter sacado R$ 2 mil. A outra vítima foi assaltada no Centro. Foram roubados R$ 4.500,00. No terceiro caso, um funcionário de uma empresa de venda de camarões sacou R$ 58 mil no Conjunto José Walter e foi seguido até o Papicu, onde efetuaria pagamentos a outro estabelecimento. Foi quando aconteceu a abordagem.

17 DE ABRIL
Sete saidinhas bancárias foram registradas em Fortaleza no intervalo de apenas três horas. Às 12h30, foram roubados R$ 6 mil na saída do Bradesco, no bairro Presidente Kennedy. Às 13h26, R$ 2.700,00 roubados no Jardim América. Vinte minutos depois, R$ 4.600,00 foram roubados na saída do Itaú, na Vila Manoel Sátiro. Às 14h20, no bairro Bela Vista, R$ 5 mil foram levados na saída do Bradesco. Às 14h40, na saída do Itaú, no bairro Dom Lustosa, R$ 2 mil também foram roubados. Oito minutos depois, às 14h48, R$ 10 mil roubados na saída do Bradesco, no Montese. Outro assalto também foi realizado no Montese logo depois.

16 DE ABRIL
Um grupo formado por cinco homens assaltou no começo da tarde o Banco do Brasil do município de Monsenhor Tabosa (306 km de Fortaleza). De acordo com o Comando do Policiamento do Interior (CPI), os homens invadiram o banco no momento em que o cofre estava aberto e levaram uma grande quantia em dinheiro, ainda não contabilizada. Os assaltantes estavam armados com pistolas e escopeta e fugiram em direção a cidade de Boa Viagem.


10 DE ABRIL
Cerca de 15 indivíduos armados de fuzis, pistolas e escopetas explodiram e roubaram o Banco do Brasil da cidade de Pentecoste, a 89 km de Fortaleza. O assalto ocorreu no início da madrugada, por volta de 1h30 da manhã. Ao atacarem o banco, a quadrilha se dividiu e os bandidos atiraram na delegacia e na viatura que estava no pátio, para impedir a ação dos policiais. Foram sequestrados três funcionários do hospital que fica ao lado da agência bancária.

10 DE ABRIL
Quatro indivíduos invadiram um supermercado na avenida Alberto Craveiro, em Fortaleza. Os homens renderam os dois vigilantes do local e tomaram seus coletes e armas. Em seguida, com um maçarico, tentaram violar um terminal eletrônico do estabelecimento. O quarteto foi surpreendido pelo supervisor do local, que acionou a Polícia. O grupo fugiu, abortando o assalto, mas levaram uma gaveta com dinheiro, de quantia não determinada.


4  DE ABRIL
Por volta de 18 horas, cinco criminosos, armados com pistolas, invadiram a sede da Superintendência Regional do Ministério do Trabalho (SRT), localizada no Centro de Fortaleza, e mantiveram 15 pessoas como reféns durante quase duas horas e meia. Os bandidos usaram maçaricos para violar um caixa do Banco do Brasil instalado no térreo, ao lado do Setor de Protocolo. Antes, os reféns (funcionários e seguranças) foram sendo dominados nos quatro andares do prédio e obrigados e seguirem para um pátio interno, onde foram mantidos sentados no chão e de cabeça baixa. Os ladrões roubaram também todos os telefones celulares dos reféns, a arma do único vigilante e dois monitores dos computadores do Setor de Protocolo. Todo o prédio foi revirado.

4  DE ABRIL
Por volta das 20h30, quando a sede da Secretaria Executiva Regional I (SER I), localizada na Avenida Bezerra de Menezes, no bairro Otávio Bonfim, foi invadida por bandidos também portando armas de grosso calibre. Os bandidos renderam os vigilantes e guardas municipais que faziam a segurança da SER I. Os reféns foram amarrados com suas próprias camisas e trancados em uma sala. Mas, a quadrilha decidiu ´abortar ´ a operação e fugiu antes da chegada da Polícia, segundo as vítimas.

4 DE ABRIL
O Banco Palmas, no Conjunto Palmeiras, em Fortaleza, também foi alvo de assalto. O coordenador do banco, Joaquim de Melo Neto, informou que quatro homens se infiltraram no local como se fossem clientes e anunciaram o assalto. Ainda de acordo com Joaquim, o vigilante de uma empresa terceirizada foi atingido com coronhadas e desmaiou. Os homens fugiram em um carro, levando cerca de R$ 10 mil, arrecadados de pagamentos de boletos bancários e contas. Os assaltantes roubaram ainda um colete à prova de balas e arma do vigia.


4 DE ABRIL
Segundo a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), um cliente que havia sacado R$ 10 mil da agência do Bicbanco, no bairro Aldeota, foi assaltado no Papicu. O crime foi cometido por dois homens, que fugiram em uma moto sem placa. A saidinha bancária foi por volta das 14 horas.


4 DE ABRIL
Pela manhã, no Centro de Fortaleza, uma funcionária da loja Casas Freitas foi assaltada quando se dirigia à agência do Bradesco, na rua Major Facundo, no Centro. Ela pretendia efetuar um depósito para a loja no valor de R$ 10 mil. Segundo informações da Ciops, a funcionária foi abordada na rua General Sampaio, às 10h30min, por dois homens armados que estavam utilizando uma moto preta.

4 DE ABRIL
Um caixa eletrônico foi arrombado no bairro Cidade Alta na cidade de Limoeiro do Norte (196 km de Fortaleza), durante a madrugada. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), o caixa fica instalado dentro de um mercado público, onde o vigilante do estabelecimento foi feito refém. Segundo depoimento do vigilante a polícia, os suspeitos chegaram ao local por volta de 00h30, renderam o vigilante e o trancaram em uma sala. Os assaltantes usaram um maçarico para abrir o caixa eletrônico e retirar o dinheiro, deixando o local apenas depois das 3h. Ainda conforme o CPI, foi o vigilante quem acionou a polícia quando conseguiu se soltar ainda de madrugada.

1º DE ABRIL
A Polícia Militar impediu uma tentativa de arrombamento a caixas eletrônicos da agência Itaú na avenida Dom Luís, na Aldeota, no início da tarde. Segundo informações da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), uma viatura suspeitou de alguns homens que estavam na porta da agência. Quando o carro da Polícia se aproximou, os suspeitos fugiram. No local, a Polícia encontrou uma bolsa com ferramentas usadas para arrombar caixas eletrônicos. O material – maçarico, luvas e pé de cabra – foi levado para o 2ª Distrito Policial (DP), no Meireles. Ainda de acordo com a Polícia, os criminosos fugiram sem levar nada.

1º DE ABRIL
Uma quadrilha tentou assaltar a agência do Banco do Brasil de Jijoca de Jericoacoara, no Litoral Oeste (295 km de Fortaleza). Os assaltantes entraram na agência e arrombaram um dos caixas eletrônicos, mas, segundo o destacamento policial do município, não conseguiram ter acesso ao dinheiro. 

30 DE MARÇO
Um assaltante levou R$ 15 mil em crime de “saidinha bancária” no início da tarde no bairro São João do Tauape, em Fortaleza. Segundo o boletim de ocorrência registrado no 4º Distrito Policial (DP), um homem foi assaltado quando saía de uma agência bancária do Itaú, na Avenida Pontes Vieira, onde havia acabado de sacar R$ 15 mil. De acordo com a Polícia Civil, o homem foi abordado por um motociclista armado. Não houve feridos.

30 DE MARÇO
Uma quadrilha composta por cerca de seis homens armados explodiram uma agência bancária do Bradesco no município de Itatira (216,8 quilômetros de Fortaleza), durante a madrugada. De acordo com informações da Delegacia de Canindé, que atende o município de Itatira, o policiamento foi acionado por populares por volta das seis horas da manhã. Um homem disse à Polícia que os bandidos estavam armados com armas longas e pistolas e, após explodirem o local, fugiram em um veículo de cor prata. O gerente do banco informou que o grupo não conseguiu levar dinheiro. Houve apenas danos físicos, como a porta de vidro da agência quebrada.


28 DE MARÇO
Duas “saidinhas bancárias”
cometidas em um intervalo de 30 minutos em dois bairros diferentes. Os crimes foram cometidos contra duas mulheres que deixavam agências do banco Itaú. O primeiro assalto foi realizado às 13h50min, no Quintino Cunha, e o segundo, às 14h20min, na Aldeota. Apesar da semelhança entre os dois crimes, a Polícia não acredita que sejam os mesmos assaltantes por causa da distância entre as agências bancárias e o curto intervalo de tempo entre os dois casos.


25 DE MARÇO
Uma quadrilha armada invadiu, por volta de 6h da manhã, a sede da Câmara Municipal de Fortaleza, situada no cruzamento da Avenida Rogaciano Leite com a Rua Thompson Bulcão, no bairro Patriolino Ribeiro, e arrombou dois caixas eletrônicos do Banco do Brasil. Os ladrões tomaram como reféns cinco pessoas, entre elas, dois guardas municipais responsáveis pela segurança do prédio. Também foram dominados dois funcionários e o filho de um deles. Durante cerca de seis horas, os criminosos agiram de forma planejada e paciente. Utilizaram maçaricos e outros apetrechos para abrir os caixas eletrônicos e roubar todo o dinheiro que havia nas gavetas. O valor roubado ainda não foi divulgado pela Polícia. Ninguém ficou ferido.


25 DE MARÇO
Pela manhã, quatro homens e duas mulheres simularam um conserto em um caixa eletrônico do Banco do Brasil vizinho a um movimentado shopping, no Centro do município de Chorozinho (Região Metropolitana de Fortaleza) e levaram todo o dinheiro que havia nas bandejas do equipamento. A população somente percebeu que se tratava de um assalto quando fumaça começou a sair de dentro da cabine. A princípio, a Polícia acreditou que a quadrilha poderia ter usado dinamite, mas a própria população afirmou que não houve barulho de explosão.


20 DE MARÇO
Três homens armados assaltaram um posto de atendimento bancário da Caixa Econômica Federal durante a noite, em um distrito do município de Tianguá, na Serra da Ibiapaba (310 km de Fortaleza). De acordo com a polícia, o trio conseguiu tirar todo o dinheiro do local, mas foram surpreendidos por populares, que reagiram contra os assaltantes. Os três quase foram linchados pela população, mas a polícia chegou na hora.


20 DE MARÇO
Cinco homens armados com revólveres e pistolas invadiram no final do expediente a agência do Bradesco da Aldeota (cruzamento das avenidas Santos Dumont e Desembargador Moreira). Dezenas de clientes estavam na agência. Durante a hora seguinte, clientes, funcionários e seguranças viveram momentos de pânico e violência. O ataque dos criminosos à agência teve um desfecho violento, mas foi positivo para as autoridades da Segurança Pública. O roubo acabou sendo frustrado. Um bandido morreu, outros dois foram presos e nenhum dos reféns sofreu ferimentos.


14 DE MARÇO
Uma saidinha bancária na avenida Abolição, em Fortaleza, terminou com um assaltante detido e outro baleado pela Polícia. O assalto aconteceu às 15 horas, em uma agência do Bradesco. O titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Romério Almeida, detalhou que um comerciante de 55 anos foi abordado na avenida Abolição, após ter sacado R$ 5 mil de um caixa eletrônico. A vítima entregou todo o dinheiro à dupla armada, que fugiu em uma motocicleta em direção à Via Expressa. Após a ação, a Polícia foi acionada e uma equipe do grupo Raio iniciou perseguição aos assaltantes. Houve troca de tiros e os acusados acabaram sendo interceptados na Via Expressa, Papicu. Um dos assaltantes foi baleado na coxa. Com a dupla, a Polícia apreendeu dois revólveres, além de todo o dinheiro tomado no assalto ao comerciante.


13 DE MARÇO
Pelo menos cinco bandidos, armados com revólveres, pistolas e espingardas, arrombaram, durante a madrugada, o caixa eletrônico do Banco do Brasil instalado na cidade de Choró, no Sertão Central. O terminal eletrônico fica instalado no prédio da prefeitura. O roubo ocorreu por volta das 2h30. Os criminosos usaram cilindros de oxigênio e um maçarico para cortar a lateral do caixa que havia sido abastecido na segunda-feira, 12. Segundo informações da Polícia foram roubados pelo menos R$ 300 mil.O vigia do prédio disse aos policiais militares destacados naquela cidade que foi surpreendido pelo bando, rendido, amarrado e amordaçado com fitas adesivas. Após ser ameaçado e agredido a coronhadas, o servidor municipal foi encontrado por vizinhos algumas horas depois, quando conseguiu passar a gritar pedindo por socorro. Por mais de duas horas ficou sob a mira de um revólver.


8 DE MARÇO
Bandidos invadiram, durante a madrugada, a agência do Banco do Brasil de Pacoti, no Maciço de Baturité. Os acusados arrombaram a parede que dá acesso à sala do cofre da agência e tamparam com um papelão a câmera de segurança instalada na sala. Os ladrões, no entanto, não conseguiram arrombar o cofre e a ação só foi percebida por volta de 8h da manhã, quando os funcionários começaram a chegar para trabalhar.


7 DE MARÇO
A família de um tesoureiro do Banco do Brasil de Horizonte foi vítima de sequestro no início da manhã. O alvo dos bandidos era o dinheiro dos caixas eletrônicos e cofres do banco onde a vítima trabalhava. De acordo com a Polícia, o tesoureiro tinha acabado de sair de casa com a filha para ir até a padaria quando foi abordado pelos bandidos armados. Os assaltantes seqüestraram ainda a mulher e cunhada da vítima e pressionaram o funcionário a abrir os caixas eletrônicos e os cofres do BB. Os bandidos conseguiram levar todo o dinheiro que ainda chegaram a pedir dinheiro do gerente para libertar a família, o que só foi feito no bairro Vila Velha, em Fortaleza. O circuito interno de segurança do banco foi completamente destruído pelos assaltantes.


7 DE MARÇO
Bandidos fortemente armados renderam um vigilante e arrombaram, durante a madrugada, um caixa eletrônico do Banco do Brasil localizado em um posto de combustível na CE-090, na praia do Icaraí (Caucaia). Segundo informações da Polícia Militar, o vigilante foi amarrado e deixado só de cueca no chão. Após render o único vigilante do posto, os acusados usaram um maçarico e arrombaram o caixa eletrônico. O segurança só foi desamarrado quando outros funcionários do posto chegaram para trabalhar.


5 DE MARÇO
Uma dupla armada praticou um assalto, tipo “saidinha bancária”, em frente ao Banco do Brasil de Quixeramobim, conseguindo levar R$ 73.260,00. Uma mulher foi feita refém pelos assaltantes, mas foi liberada logo em seguida. A polícia conseguiu prender os acusados e reaver o dinheiro roubado. 

1º DE MARÇO
Uma quadrilha fortemente armada invadiu o Banco do Brasil do município de Banabuiú (250 Km de Fortaleza), por volta das 17h20min, chegando a explodir dinamites no local. De acordo com informações da polícia, eram cerca de 15 homens encapuzados em quatro carros. O vigilante do Banco do Brasil e um cliente foram tomados de refém, mas a quadrilha liberou-os na localidade de Laranjeiras. A polícia ainda não tem informação sobre o valor levado pelo bando. 


1º DE MARÇO
A reação a um assalto tipo “saidinha bancária” resultou na morte do engenheiro Kelbson Nogueira Diógenes, 28, no começo da tarde, no estacionamento da agência do Banco Itaú, na Avenida 13 de Maio, Bairro de Fátima. Ele era proprietário da empresa DM Engenharia e havia sacado a importância de R$ 21 mil, para fazer o pagamento dos funcionários. Segundo apurou a Polícia, o engenheiro travou luta corporal com um dos dois ladrões que o atacaram e teve morte imediata. Os bandidos levaram R$ 19 mil.


28 DE FEVEREIRO
Tentativa de assalto ao Bradesco de Ibicuitinga, na região Jaguaribana. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), dois homens armados de revólver e pistola invadiram o posto avançado do Bradesco e renderam o gerente. A dupla chegou ao posto em uma motocicleta e abordou o gerente, pedindo que ele abrisse o cofre. O gerente, no entanto, disse que não tinha a chave, o que fez com que os acusados fugissem sem levar nenhum dinheiro.

27 DE FEVEREIRO
Cerca de seis homens fortemente armados assaltaram o Banco do Brasil do município de Catarina, região dos Inhamuns, por volta de 11h30min do dia 27/2. O policial militar identificado por Alves Neto foi morto em troca de tiros com os ladrões de banco. Houve intenso tiroteio. Os bandidos atacaram inicialmente a delegacia e acertaram cinco tiros nas costas do PM Alves Neto. Uma testemunha informou que o gerente do banco, um médico da cidade e dois outros policiais foram feitos reféns. Os suspeitos fugiram em dois carros, pertencentes aos reféns, mas foram liberados em seguida. A polícia não informou a quantidade roubada.


7  DE FEVEREIRO
Cerca de 18 homens fortemente armados assaltaram, durante a madrugada uma agência do Banco do Brasil no município de Madalena, segundo informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI). A quadrilha fez reféns e estava armada com fuzis e explosivos. Segundo o CPI, a quadrilha estava distribuída em seis carros. Com reféns nos carros, o bando invadiu a cidade e, enquanto uma parte dso assaltantes se dirigia à agência, outra cercou o prédio do destacamento policial e trocou tiros com policiais. Após realizarem o assalto, reféns e veículos foram abandonados na localidade de Salgadinho, há 4 km de Madadela. Ainda de acordo com a polícia, cerca de seis dinamites foram detonadas.

DE FEVEREIRO
Terminou em tiroteio, morte e prisão a primeira tentativa de assalto a um carro-forte, neste ano, no Ceará. O fato aconteceu no começo, quando uma quadrilha composta por, pelo menos, quatro homens, tentou roubar os malotes que eram recolhidos por vigilantes da empresa de segurança privada Corpvs em uma filial da rede de farmácias Pague Menos, no Bairro João XXIII. Os criminosos estavam armados com pistolas e chegaram a render o segurança da farmácia, de quem roubaram um revólver de calibre 38. Na fuga, os criminosos se depararam com uma patrulha do grupo Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). No embate, dois assaltantes morreram e outros dois foram presos depois de baleados.

30 DE JANEIRO
Pelo menos oito homens armados assaltaram uma agência do Banco do Brasil do município de Novo Oriente (495Km de Fortaleza) e fizeram o gerente de refém. Segundo o Comando de Policiamento do Interior (CPI), a ação ocorreu por volta de 12h30. De acordo com o CPI, os suspeitos portavam armas curtas e longas, como pistolas e fuzis. O CPI informa que o gerente do banco foi liberado em seguida.


24 DE JANEIRO
Três homens assaltaram uma agência do Bradesco, na avenida Aguanambi, em Fortaleza. Os assaltantes renderam funcionários e clientes e, segundo a PM, levaram cerca de R$ 40,8 mil.

17 DE JANEIRO
Um grupo atacou um caixa eletrônico do Bradesco em Mineirolândia, no município de Pedra Branca, no Sertão Central. A ação culminou com uma perseguição e tiroteio em Quixeramobim. Um dos homens foi preso e em seu poder foram encontrados R$ 4.650,00 e um revólver de calibre 38.


15 DE JANEIRO
Policiais militares prenderam durante a madrugada três homens que tentavam arrombar um caixa eletrônico do Banco do Brasil, no Município de Senador Sá (297 Km de Fortaleza). Os bandidos já estavam dentro do posto avançado e haviam iniciado o procedimento com maçaricos para abrir o terminal de autoatendimento quando foram surpreendidos pelos PMs.


11  DE JANEIRO
Um vigilante foi baleado em um assalto ao Banco do Brasil do município de Irauçuba, na região Norte do Estado. De acordo com o Comando de Policiamento do Interior (CPI), três homens que estavam em motocicletas atingiram a vítima, que trabalhava no posto do Banco do Brasil. Os acusados invadiram o local, roubaram uma quantia não revelada e fugiram. O vigilante foi ferido na cabeça.


6  DE JANEIRO
Uma quadrilha invadiu o município de Capistrano, no Maciço de Baturité. Parte do grupo se dirigiu para o destacamento da PM e outra parte seguiu para a agência do Banco do Brasil. A Polícia frustrou o ataque.


4  DE JANEIRO
A cidade de Solonópole (distante 275Km de Fortaleza) foi atacada, durante a madrugada, por uma quadrilha de assaltantes de bancos. Cerca de dez homens, usando explosivos e armas de grosso calibre, como escopetas e fuzis, dispararam tiros contra a sede do destacamento da Polícia Militar e, ao mesmo tempo, detonaram artefatos nos caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil. Segundo informações da Polícia, o assalto ocorreu por volta de 2h40. A Polícia apurou que a quantidade de explosivos usados pelos ladrões, provavelmente bananas de dinamite, foi exagerada que acabou frustrando a intenção dos ladrões. Eles danificaram os caixas, mas não conseguiram roubar o dinheiro que havia nas gavetas dos equipamentos. A fachada da agência ficou destruída pela detonação.

4  DE JANEIRO
Também durante a madrugada, um grupo de assaltantes invadiu a agência do Banco Itaú, localizado na Avenida Washington Soares, no bairro Água Fria, em Fortaleza, e arrombou diversos caixas. A Polícia não informou quanto foi roubado da agência.

Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Veja mais

 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br