RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Ataques a Bancos em 2009

22 DE DEZEMBRO 
O Banco do Brasil da cidade de Novo Oriente foi assaltado, com ação violenta de uma quadrilha composta por seis homens armados com fuzis e escopetas. O bando roubou todo o dinheiro que havia ali e, ainda, levou dois funcionários do BB como reféns no começo da fuga. O crime, segundo a Polícia, aconteceu por volta das 15h30. Destruíram toda a fachada, as janelas e portas de vidro. Depois de dominar os funcionários, os ladrões (usando capuzes e luvas) entraram na tesouraria e roubaram todo o dinheiro que havia ali. Foram feitos reféns o gerente da agência e outro funcionário, conduzidos no EcoSport da quadrilha. Foi o segundo assalto à agência este ano.

18 DE NOVEMBRO
A agência do Banco do Brasil da cidade de Potengi, na Região do Cariri, foi alvo da ação de dez ladrões na madrugada de quarta-feira. Os homens estava fortemente armados e teriam arrombado o Banco com a ajuda de um maçarico. Segundo as primeiras informações, o grupo não conseguiu levar nada da agência. Nesta manhã, a Polícia realiza um cerco na região. Testemunhas informaram que os assaltantes fugiram em dois carros. 

16 DE NOVEMBRO 
Pela 6ª vez, o posto do banco Santander, na Faculdade Grande Fortaleza (FGF), instalada no bairro João XXIII, foi assaltado. Os dois assaltantes chegaram de moto e em nenhum momento foram abordados pela segurança da Faculdade. Estavam vestidos de terno e calça jeans. A ação durou apenas 4 minutos, tempo suficiente para que levassem todo o dinheiro do caixa. Um dos bancários e o vigilante foram rendidos e tiveram revólveres apontados para a cabeça. Depois do assalto, os homens saíram tranquilamente. A placa da moto era fria.

08 DE NOVEMBRO
A agência do Banco do Brasil de Camocim (362Km de Fortaleza) foi assaltada na manhã de segunda-feira. Segundo a gerência do BB, pelo menos cinco homens participaram da ação. Um dos bandidos teve acesso ao setor de autoatendimento, por volta das 8h30, pulando a divisória que separa o setor interno do autoatendimento e, com ajuda de um dos funcionários, conseguiu arrombar os caixas e de lá levar os envelopes que haviam sido depositados naquele setor. Depois do roubo, o criminoso fugiu com a ajuda de comparsas num Gol cinza, sendo perseguidos pela Polícia. À tarde, dois dos acusados do assalto foram presos. 

19 DE OUTUBRO 
Mais um assalto do tipo "saidinha" bancária foi registrado em Fortaleza. O fato aconteceu na tarde de segunda-feira, dia 19/10, quando o cliente de uma agência bancária foi seguido por dois ladrões após fazer um saque no valor aproximado de R$ 29,8 mil. Os bandidos usaram uma moto, com a placa encoberta, para perseguir a vítima e abordá-la. Segundo apurou a Polícia, o homem havia sacado o dinheiro em uma agência bancária na Avenida Bezerra de Menezes (zona oeste) e foi abordado por dois homens. A ação foi rápida. Os criminosos - que ocupavam uma motocicleta, desapareceram sem deixar pistas. 

22 DE SETEMBRO 
A agência do banco Bradesco da avenida Pessoa Anta, na Praia de Iracema, foi assaltada no início da manhã desta terça-feira, 22. Quatro homens armados invadiram o banco antes do expediente externo começar e tomaram como reféns o gerente, os dois vigilantes e alguns funcionários que já haviam chegado para o trabalho. Os assaltantes conseguiram abrir o cofre, mas não havia dinheiro no local. Segundo o Major Meireles Passos, coordenador de policiamento do Ciops, os assaltantes levaram as armas e os coletes à prova de bala dos vigilantes do banco. 

11 DE SETEMBRO 
Três homens encapuzados e fortemente armados assaltaram a agência do Bradesco no município de Granjeiro, localizado na região do Cariri, por volta das 11 horas da última sexta-feira, 11/9. Como ainda não havia dinheiro nos caixas, os assaltantes obrigaram o gerente do banco a sacar, da sua própria conta, a quantia de R$ 600, que seria para garantir a fuga deles. Este foi o 14º assalto a banco no Ceará apenas em 2009. Mais uma vez, ninguém foi preso. 

4 DE SETEMBRO 
Uma quadrilha formada por quatro homens, armada com metralhadora, fuzil e pistolas, praticou, dia 4/8 à tarde, o 13º assalto a banco no Ceará, este ano. O caso ocorreu na cidade de Independência (a 310Km de Fortaleza). Os criminosos invadiram a agência do Banco do Brasil por volta de 14h45, renderam o único vigilante que estava de serviço no local e saquearam a bateria de caixas e a tesouraria. Na hora de sair do banco, os assaltantes trocaram tiros com os policiais e usaram dois rapazes, clientes do banco, como "escudo", obrigando os PMs a um cessar fogo. Em seguida, fugiram com os reféns nos dois carros. Poucos quilômetros depois, os reféns foram liberados. Foram roubados cerca de R$ 200 mil, segundo as primeiras informações colhidas pela Polícia, porém, não confirmadas pelo BB. 

28 DE AGOSTO 
Mais um golpe da conhecida “saidinha bancária” foi registrado em Fortaleza. Três homens, em uma motocicleta, abordaram, no começo de tarde de sexta-feira, dia 28/8, passageiros de uma Hilux preta, de propriedade de uma construtora. O fato se registrou em frente à agência do Banco HSBC, na avenida Monsenhor Tabosa (Meireles). Na ocasião, houve tiroteio. As vidraças da agência foram atingidas, bem como a lataria de um carro estacionado próximo ao banco. A Polícia foi acionada, mas chegou atrasada. Testemunhas disseram que essa não era a primeira vez que “saindinhas bancárias” se registravam naquela área. 

5 DE AGOSTO 
Uma quadrilha formada por oito homens, portando armas longas (escopetas ou fuzis) e balaclavas invadiu a agência do Bradesco de Umari (405Km de Fortaleza), próxima da divisa do Ceará com a Paraíba. Os ladrões renderam quatro vigias noturnos e um padeiro e os obrigaram a transportar para a carroceria de uma caminhonete, o caixa eletrônico da agência. O assalto ocorreu por volta de 1h30 da madrugada. Segundo a Polícia Militar, os ladrões agiram com rapidez e precisão. Eles quebraram as portas de vidro e levaram o caixa eletrônico com o dinheiro que havia dentro dele, onde havia pouco mais de R$ 15 mil, segundo a Polícia. Os vigias e o padeiro foram feitos de reféns, mas liberados em seguida. 

16 DE JULHO 
A agência do Banco do Brasil do município de Monsenhor Tabosa (324 km de Fortaleza) foi invadida por cinco homens armados que renderam funcionários e seguranças. Eles levaram um malote contendo dinheiro. O valor ainda não foi divulgado pela Polícia. Além do dinheiro foram levadas armas dos seguranças e um funcionário do banco foi feito refém, sendo liberado logo em seguida. 

5 DE JUNHO 
Oito assaltantes encapuzados e fortemente armados invadiram a agência do Banco do Brasil do Orós a 354 km de Fortaleza), por volta das 10h. Eles roubaram dinheiro do cofre, tesouraria, caixas e máquinas de auto-atendimento. Por cerca de 15 minutos os bandidos efetuaram disparos no interior do banco, na fachada e no meio da rua. Houve corre-corre, alguns clientes desmaiaram e outros, que estavam na parte interna, tiveram que ficar deitados no chão. Na fuga, os assaltantes levaram dois funcionários como reféns, mas logo após à saída da cidade foram libertados. O BB não informou o valor roubado.

13 DE MAIO
Pela quarta vez este ano, bandidos atacam um carro-forte nas ruas de Fortaleza. Por volta das 17 horas, uma quadrilha composta por quatro homens, armados com pistolas, rendeu vigilantes que tinham ido ao North Shopping, no bairro São Gerardo, apanhar quatro malotes de uma agência bancária. O roubo, porém, acabou sendo frustrado na saída dos ladrões. Eles trocaram tiros com os vigilantes do blindado e deixaram para trás os malotes com dinheiro e cheques. Na troca de tiros com os seguranças, um dos bandidos ficou ferido, sendo preso em seguida.

30 DE ABRIL
Dois bandidos morreram e outro foi baleado e preso em uma tentativa de assalto ao carro-forte, da empresa Corpvs, dia 30/4, em frente ao Banco do Brasil, na Aerolândia. A quadrilha formada por, pelo menos, oito homens usando coletes a prova de bala e armados com escopetas e pistolas, atacou o blindado na hora em que um dos vigilantes saía da agência. De acordo com testemunhas, houve troca de tiros entre os bandidos, os vigilantes e policiais militares que passavam pelo local. De acordo com a Polícia, nada foi levado.

6 DE ABRIL
Cinco homens encapuzados e fortemente armados assaltaram dia 6/4 a agência do Banco do Brasil, na cidade de Jijoca de Jericoacoara, no Litoral Noroeste do Ceará. As primeiras notícias apuradas sobre o assalto indicam que o grupo invadiu o prédio da agência e, apontando suas armas, renderam a vigilância e os funcionários do banco. Houve disparos de armas de fogo, e duas pessoas foram baleadas: um PM e uma mulher que transitava pela parte de fora da agência. Depois de recolher todo o dinheiro que havia no cofre, os bandidos fugiram em um automóvel e levaram junto, como refém, o gerente do banco. 

13 DE MARÇO 
Dois assaltantes roubaram um malote que havia sido recolhido a poucos instantes da agência do banco Itaú, no Centro de Fortaleza. Armados de pistolas, a dupla rendeu dois vigilantes da empresa de segurança Brinks e ainda chegaram a levar a escopeta de um deles. No momento do assalto, apenas o gerente e três funcionárias ainda estavam na agência. Eles esperavam pelo recolhimento do malote. No terminal de caixa eletrônico, três clientes estavam efetuando saque. Segundo funcionários da agência, no malote havia mais de R$ 100 mil.

25 DE FEVEREIRO
No município de Cruz (258,5 quilômetros de Fortaleza) um homem armado invadiu a agência do Banco do Brasil. Ele rendeu os dois vigilantes e depois, seguiu até a bateria de caixas e fugiu levando R$ 70 mil. Ele, conforme apurou a Polícia, teria fugido na moto na companhia de outro homem, que ficara aguardando fora do banco. 

22 DE FEVEREIRO 
Em Novo Oriente (a 393 km de Fortaleza), uma quadrilha armada seqüestrou dois funcionários do Banco do Brasil da cidade. Os assaltantes invadiram a casa dos bancários e fizeram suas famílias de reféns. Eles foram levados ao banco e obrigados a abrir a sala da tesouraria. Entretanto, os bandidos tiveram que fugir às pressas sem levar qualquer quantia porque o alarme da agência disparou. 

16 DE FEVEREIRO 
Um túnel foi descoberto, no dia 16/2, nas dependências da agência do Banco do Brasil no município de Quixadá, no Sertão Central. A delegacia regional de Quixadá abriu inquérito para apurar o caso e a Polícia Federal está ajudando nas investigações. O gerente da agência e alguns funcionários serão ouvidos. Segundo a polícia, o túnel foi descoberto no momento em que o gerente abriu o caixa forte da unidade. De acordo com as primeiras estimativas, a quadrilha pode ter levado mais de R$ 1 milhão.

9 DE FEVEREIRO
Quatro bandidos, que usavam falsos uniformes da Polícia Federal, atacaram a agência do Banco do Brasil da cidade de Icó (375Km de Fortaleza), por volta das 17h30. Eles roubaram todo o dinheiro que havia no cofre-forte e na bateria de caixas. A quadrilha levou também a arma do vigilante do banco e um videocassete onde estavam registradas as imagens do crime captadas pelas câmeras. A quantia roubada não foi revelada. 

9 DE FEVEREIRO 
Dois táxis transportando malotes das agências do Bradesco de Tauá e Iguatu foram assaltados no dia 9/2. O primeiro assalto ocorreu a poucos quilômetros da cidade de Quiterianópolis, na Região dos Inhamuns. De acordo com a Polícia, três homens levaram um malote de R$ 60 mil transportado por dois bancários da agência de Tauá. Dois assaltantes foram presos. Já o segundo caso aconteceu em Acopiara. Um funcionário da agência de Iguatu e um taxista foram abordados por dois homens que estavam em motos na estrada. As vítimas foram rendidas, amarradas e trancadas no porta-malas do táxi. Os assaltantes fugiram levando o malote com R$ 30 mil. 

30 DE JANEIRO 
Assalto à agência do Banco do Brasil de Palhano (150 km de Fortaleza). Por volta das 10 horas da manhã, quatro homens em duas motos entraram na agência, anunciaram o assalto e levaram alguns malotes contendo dinheiro, cuja quantia ainda não foi informada pela Polícia. A hipótese é de que o bando seja o mesmo que assaltou uma unidade do BB de Jaguaruana no último dia 06 de janeiro.

9 DE JANEIRO
Três homens armados assaltaram, na manhã da sexta-feira, 9/1, a agência do Banco Rural da avenida Santos Dumont, bairro Aldeota. Segundo a polícia, os assaltantes roubaram cerca de R$ 74 mil do banco, levaram a fita do circuito interno de TV da agência e fugiram a pé.No assalto foram rendidos o gerente, um vigilante da empresa Serviarm e um cliente.

5 DE JANEIRO
Assalto à agência do Banco do Brasil de Jaguaruana (175km de Fortaleza). Seis assaltantes encapuzados deram vários chutes e coronhadas em quem estava dentro da agência no momento e atiraram contra o gerente, que foi atingido no pé esquerdo, mesmo sem que ele tenha esboçado qualquer reação. O roubo aconteceu logo que a unidade foi aberta para o pagamento de aposentados, pensionistas e correntistas, após o feriadão de Ano-Novo. A direção do BB não divulgou o valor do roubo. A Polícia suspeita de uma cifra acima de R$ 300 mil. Os assaltantes agiram e fugiram em menos de cinco minutos. Assustadas, idosas aposentadas começaram a passar mal. Os bandidos não tiveram tempo de roubar o cofre, mas carregaram o dinheiro que estava nas gavetas dos caixas de atendimento.

Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Veja mais

 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br