RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Notícias

01/11/2018 

Egito cancela agenda de brasileiros em retaliação a fala do presidente eleito

A viagem ao Egito da comitiva brasileira, encabeçada pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, foi cancelada na segunda-feira (5) a dois dias da chegada ao país africano, informa o jornal Folha de S. Paulo. Segundo diplomatas ouvidos pelo jornal, a estadia e os compromissos agendados entre os dias 7 e 11 de novembro foi cancelada como uma retaliação à declaração do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) de que pretende reconhecer Jerusalém como capital de Israel e transferir a embaixada brasileira, hoje em Tel Aviv, para a cidade. Um grupo de empresários brasileiros que iria participar das agendas agora canceladas já havia inclusive chegado ao Egito.

A questão é pivô de uma disputa com a comunidade árabe, que se recusa a reconhecer Jerusalém como capital de Israel. A grande maioria dos países mantêm embaixada em Tel Aviv, mas, maio deste ano, os Estados Unidos consumaram a transferência da sua representação diplomática, gerando protestos na Palestina e no mundo árabe.

Há o temor de que, se Bolsonaro seguir os passos do presidente Donald Trump e também reconhecer Jerusalém como capital de Israel, o Brasil possa sofrer retaliações comerciais dos países árabes, que, somados, configuram o segundo maior comprador de proteína animal brasileira — as exportações para estes países somaram mais de US$ 13,5 bilhões. No último sábado (3), o Catar emitiu um comunicado por meio do seu Ministério de Relações Exteriores pedindo que Bolsonaro não efetive a transferência da embaixada para Jerusalém.

De acordo com dados disponíveis no portal do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em 2017, as exportações brasileiras para o Egito somaram US$ 2.417.986.425, quase seis vezes mais do que as exportações para Israel, US$ 466.008.970.

Já as importações de produtos do Egito somaram, no mesmo ano, US$ $155.470.227, o que configurou um saldo positivo para o Brasil na balança comercial de mais de US$ 2,2 bilhões. Enquanto isso, as importações de Israel somaram US$ 885.291.625, configurando um resultado negativo na balança comercial com esse país de cerca de US$ 420 milhões.

O próprio Catar, um país de 2,6 milhões de habitantes, é o destino de quase o mesmo volume de exportações de Israel, que possui 8,7 milhões de habitantes. Em 2017, as exportações brasileiras ao Catar somaram US$ 420.284.697, enquanto as importações desse país somaram US$ 445.863.721.
 

Fonte: CUT/Sul21
Última atualização: 06/11/2018 às 10:21:24
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
  

Android cihazlariniz icin hileli apk indir adresi artik aktif bir sekilde hizmet vermektedir.
sex sohbet yapabileceginiz birbirinden guzel bayanlar telefonun ucunda sizleri bekliyor. Ustelik hd sex porno videolari da bulunmakta.
Kayitli olmayan kisiler bilinmeyennumara.me isim soy isim sekilde sms ile bilgilendir.
Profesyonel ekip davul zurna istanbul arayan kisilerin kesinlikle kiralama yapabilecegi en guzel site. Programsiz ve basit mp3 cevirme programi sizler icin sitemizde bulunmaktadir.

Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br

 

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br