RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


  10/02/2020
Edição Nº 1606 de 10 a 15 de fevereiro de 2020
DATAPREV E PETROBRÁS

SINDICATO APOIA LUTA DOS TRABALHADORES CONTRA A PRIVATIZAÇÃO E A RETIRADA DE DIREITOS

O Sindicato dos Bancários do Ceará expressa sua solidariedade aos trabalhadores da Dataprev e da Petrobrás que estão em greve contra o desmonte promovido pelo governo Bolsonaro.

Após 14 dias em greve contra as 493 demissões anunciadas e a ameaça de privatização da estatal, os trabalhadores da Dataprev conquistaram a abertura de negociação e suspenderam a greve, retornando ao trabalho dia 5/2. A decisão de suspender a greve foi aprovada em assembleia, quando os sindicalistas informaram aos trabalhadores o resultado da audiência realizada dia 4/2, no Tribunal Superior do Trabalho (TST). A ministra Kátia Magalhães Arruda, do TST, sugeriu a suspensão da greve, das demissões e o não desconto dos dias parados até que as partes cheguem a um acordo mediado pela vice-presidência do Tribunal.

Os sindicalistas comemoram a abertura de negociação e a suspensão das medidas que a empresa havia anunciado, mas alertaram a categoria que a luta é muito maior e vai exigir muita organização e mobilização de todos.

Já os trabalhadores da Petrobrás seguem na luta. No dia 4/2, o ministro Ives Gandra Martins Filho, do Tribunal Superior do Trabalho (TST) deferiu um pedido de tutela de urgência da Petrobras para acabar com a greve dos petroleiros ou determinar a manutenção do efetivo mínimo para garantir os serviços em suas unidades operacionais. Entretanto, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) informou por meio de nota à imprensa que a greve nacional da categoria continua. Os petroleiros estão em greve desde o dia 1º/2 contra a demissão de mil trabalhadores e o fechamento da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), de Araucária, no Paraná, e cumprimento do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2020. Mais de 30 unidades do Sistema Petrobras em todo o país estão paralisadas em vários estados.

CASA DA MOEDA – Embora não estejam em greve ainda, os trabalhadores da Casa da Moeda também estão se mobilizando contra o desmonte da instituição e a ameaça de privatização. No dia 3/2, os trabalhadores fizeram uma greve de advertência de 24h contra a venda da estatal e o corte de benefícios sociais conquistados pela categoria. Os trabalhadores afirmam ainda que a venda da Casa da Moeda do Brasil, que está no pacote de privatização do governo, ameaça a segurança e a soberania nacional.

Última atualização: 10/02/2020 às 14:46:14
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Versão em PDF

Edição Nº 1606 de 10 a 15 de fevereiro de 2020

Edições Anteriores

Clique aqui para visualizar todas as edições do Tribuna Bancária
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
  

 

Android cihazlariniz icin hileli apk indir adresi artik aktif bir sekilde hizmet içerir.
seks sohbet yapabileceginiz birbirinden guzel bayanlar telefonun ucunda sizleri yorumu. Üstün hd seks porno videolari itibaren bulunmakta.
Kayitli olmayan kileriler bilinmeyennumara.me isim soy isim sekilde sms ile bilgilendir.
Profesyonel ekip davul zurna istanbul arayan kisilerin kesinlikle kiralama yapabilecegi en guzel sitesi. Programsiz ve basit mp3 müzik programı sizler icin sitemizde bulunmaktadir.

Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001 (85) 3252 4266/3226
9194 - bancariosce@bancariosce.org.br

 

porn izle - sohbet telefon - sohbet hatti - porno - porno film
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br