RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


  21/10/2019
Edição Nº 1593 de 21 a 26 de outubro de 2019

BRASIL LIDERA RANKING DE DEPRESSÃO E ANSIEDADE

Tristeza, choro, desânimo. Todos esses sintomas estão ligados à depressão. Infelizmente, o Brasil tem números alarmantes de indivíduos que possuem a doença, além de transtornos de ansiedade. Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) mostram que 5,8% dos brasileiros sofrem de depressão. Essa é a maior taxa da América Latina e a segunda maior das Américas, estando atrás apenas dos Estados Unidos.

Os dados futuros são ainda mais preocupantes: estima-se que 20% da população teve ou terá depressão, sendo a doença psiquiátrica com maior prevalência no Brasil.

Os números em relação à ansiedade também não são nada animadores: 9,3% dos brasileiros (cerca de 19,4 milhões) sofrem com o problema e faz com que o Brasil ocupe o primeiro lugar da lista de países mais ansiosos do mundo. O suicídio é a terceira principal causa externa de mortes no país, com 12,5 mil caos em 2017, de acordo com o Ministério da Saúde.

Os sintomas da depressão podem variar de acordo com fatores como a gravidade do transtorno e a presença de condições associadas, como ansiedade, sintomas obsessivos ou psicóticos.

ASSÉDIO MORAL X SAÚDE MENTAL – O assédio moral no trabalho tem impacto direto na saúde. Essa é uma das formas mais poderosas de violência sutil. A humilhação repetitiva e prolongada tornou-se prática costumeira nas empresas. Isto reforça o individualismo e aumenta a submissão coletiva alicerçada no temor. Por medo, os trabalhadores passam a produzir acima de suas forças, ocultando suas queixas, na tentativa de evitar a humilhação e a demissão. A pessoa humilhada ou constrangida passa a vivenciar depressão, angústia, distúrbios do sono, conflitos internos e sentimentos confusos de fracasso e inutilidade. Este sofrimento adoece as pessoas lenta e silenciosamente. A gravidade é tal que pode resultar inclusive em suicídio.

A ocorrência do assédio moral no âmbito do trabalho bancário é assustadora e alcança proporções gritantes, sendo objeto de esforços concentrados no seu combate por parte d sindicatos, associações e entidades representativas em geral.

Última atualização: 21/10/2019 às 12:12:26
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Versão em PDF

Edição Nº 1593 de 21 a 26 de outubro de 2019

Edições Anteriores

Clique aqui para visualizar todas as edições do Tribuna Bancária
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
  

Android cihazlariniz icin hileli apk indir adresi artik aktif bir sekilde hizmet vermektedir.
sex sohbet yapabileceginiz birbirinden guzel bayanlar telefonun ucunda sizleri bekliyor. Ustelik hd sex porno videolari da bulunmakta.
Kayitli olmayan kisiler bilinmeyennumara.me isim soy isim sekilde sms ile bilgilendir.
Profesyonel ekip davul zurna istanbul arayan kisilerin kesinlikle kiralama yapabilecegi en guzel site. Programsiz ve basit mp3 cevirme programi sizler icin sitemizde bulunmaktadir.

Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br

 

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br