RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


  21/10/2019
Edição Nº 1593 de 21 a 26 de outubro de 2019
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

COMITÊ EM DEFESA DA CAIXA LANÇARÁ CAMPANHA CONTRA PRIVATIZAÇÃO

Empregados da Caixa, representantes de entidades em defesa da moradia, parlamentares e defensores das empresas públicas do país participaram dia 15/10, em Brasília, do pré-lançamento da campanha #ACaixaétodasua, conduzida pelo Comitê Nacional em Defesa da Caixa contra a venda – já em andamento – das partes lucrativas da empresa. Desde o primeiro semestre, a nova direção do banco promove o “desinvestimento” da instituição, com a venda (abertura de capital) da Caixa na bolsa de valores, pela primeira vez em 158 anos.

A equipe econômica do governo está priorizando a venda das subsidiárias que dão mais lucro, como as áreas de Cartões, Seguros e loterias e gestão de ativos. A gestão do FGTS também pode ser privatizada. Reconhecida como o banco dos brasileiros e agente das principais políticas públicas do país, a Caixa, além de empresa financeira, atua como indutor do desenvolvimento regional, principalmente nos municípios mais carentes do Norte e Nordeste. Vender o banco é parar programas e serviços como saneamento básico, financiamento estudantil (Fies), Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida.

Com 158 anos de atuação, a Caixa construiu uma família entre seus empregados. Só quem trabalha na instituição entende o orgulho de pertencer a algo tão importante. A campanha #ACaixaétodasua quer atingir esse público. A campanha #ACaixaétodasua é capitaneada pelo Comitê Nacional em Defesa da Caixa. Para o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, a campanha acontece em um momento decisivo para o país, com um ataque grande às empregas públicas e principalmente à Caixa.

Para a deputada federal, Érika Kokay (PT-DF), a ação é em defesa não apena da empresa, mas de todo povo brasileiro. “A caixa é responsável por 98% do crédito habitacional para a população, uma empresa que deu civilidade ao povo quando centralizou as contas do FGTS. E agora o trabalhador sabe que seus recursos estão sendo geridos para as políticas habitacionais e desenvolvimento urbanos. Por isso, essa empresa é tão importante para o Brasil e a gente quer ela toda, não aos pedaços”, avaliou a deputada.

“Não podemos permitir que as privatizações ou a venda de ativos acabem com os programas sociais e destrua o verdadeiro papel da Caixa. Queremos o apoio da população e dos empregados para fazer a defesa do nosso banco”
Marcos Saraiva, diretor do Sindicato e da Fenae

Última atualização: 21/10/2019 às 12:08:46
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Versão em PDF

Edição Nº 1593 de 21 a 26 de outubro de 2019

Edições Anteriores

Clique aqui para visualizar todas as edições do Tribuna Bancária
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
  

Android cihazlariniz icin hileli apk indir adresi artik aktif bir sekilde hizmet vermektedir.
sex sohbet yapabileceginiz birbirinden guzel bayanlar telefonun ucunda sizleri bekliyor. Ustelik hd sex porno videolari da bulunmakta.
Kayitli olmayan kisiler bilinmeyennumara.me isim soy isim sekilde sms ile bilgilendir.
Profesyonel ekip davul zurna istanbul arayan kisilerin kesinlikle kiralama yapabilecegi en guzel site. Programsiz ve basit mp3 cevirme programi sizler icin sitemizde bulunmaktadir.

Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br

 

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br