RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


  30/07/2018
Edição Nº 1535 de 30 de julho a 4 de agosto de 2018
10 DE AGOSTO

Participe do Dia Nacional do Basta e manifeste a sua indignação!

Organizado pelas Centrais Sindicais, o dia 10 de Agosto, Dia do Basta tem como objetivo paralisar os locais de trabalho e mobilizar a sociedade em manifestações de protesto contra o desemprego crescente, o aumento do preço do gás de cozinha e dos combustíveis e contra a retirada de direitos da classe trabalhadora. Esses problemas foram provocados pelas medidas adotadas pelo governo golpista de Temer, como as privatizações, o engessamento do orçamento (EC95), a reforma trabalhista e a terceirização irrestrita.



Basta de aumento do preço do gás de cozinha e dos combustíveis
Desde a implementação da nova política de preços da Petrobrás no governo Temer, os preços de seus principais produtos têm sido aumentados muito acima da inflação. A gasolina aumentou em mais de 31%, o etanol em 22,6%, o diesel 14.3%, o botijão de gás 17,2%. Por sua vez, a energia elétrica subiu 18,8% em 12 meses terminados de julho/2017 a junho/2018 e a inflação acumulada no governo Temer é de 8,73%. Temos de gritar BASTA para esses aumentos absurdos que oneram principalmente a classe trabalhadora.

Gás de cozinha e combustíveis tiveram 58 reajustes desde o início do governo golpista
O governo golpista tem realizado constantes reajustes nos preços dos combustíveis e no gás de cozinha que impactam diretamente no bolso de todos os brasileiros. Esses aumentos vêm acontecendo desde que derrubou o governo eleito de Dilma, em maio de 2016. Dados da Federação Única dos Petroleiros (FUP) apontam 58 reajustes nos valores dos combustíveis. O preço da gasolina subiu 50,04% e o diesel 52,15%, um aumento 25 vezes superior à inflação do período. De acordo com uma pesquisa publicada pelo Datafolha, em dezembro passado, 2/3 da população consideram que a alta do gás de cozinha compromete muito o orçamento familiar.

Preço dos combustíveis acelera inflação em junho
A política de preços dos combustíveis adotada pelo golpista e ilegítimo Temer de reajuste diário nos preços dos combustíveis teve impacto direto no resultado do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de junho, que ficou em 1,26% e atingiu a maior taxa para o mês em 23 anos. A atual política, implantada pela direção da Petrobras nomeada por Temer, foi responsável pela greve dos caminhoneiros, que refletiu no aumento dos preços dos alimentos, e pelos reajustes do gás de cozinha e da gasolina. Além disso, teve reflexos nas tarifas de energia elétrica, que ficaram mais caras porque o governo passou a usar mais as termoelétricas, que precisam de combustíveis para operar. Pela primeira vez desde janeiro de 2016, a inflação ficou acima de 1% – é maior taxa para o mês de junho desde 1995, quando o índice ficou em 2,26%. Nos transportes, a gasolina e o etanol contribuíram com, cerca de 21% da composição da inflação.

Última atualização: 30/07/2018 às 09:32:10
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Versão em PDF

Edição Nº 1535 de 30 de julho a 4 de agosto de 2018

Edições Anteriores

Clique aqui para visualizar todas as edições do Tribuna Bancária
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
  

Android cihazlariniz icin hileli apk indir adresi artik aktif bir sekilde hizmet vermektedir.
sex sohbet yapabileceginiz birbirinden guzel bayanlar telefonun ucunda sizleri bekliyor. Ustelik hd sex porno videolari da bulunmakta.
Kayitli olmayan kisiler bilinmeyennumara.me isim soy isim sekilde sms ile bilgilendir.
Profesyonel ekip davul zurna istanbul arayan kisilerin kesinlikle kiralama yapabilecegi en guzel site. Programsiz ve basit mp3 cevirme programi sizler icin sitemizde bulunmaktadir.

Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br

 

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br