RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


  06/12/2017
Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2017

Empregados na luta pela Caixa 100% pública. Ato no Edificio Sede em Fortaleza dia 7/12

Em Fortaleza, empregados da Caixa Econômica Federal, tendo à frente o Sindicato dos Bancários do Ceará, promovem nesta quinta-feira, dia 7/12, no Edificio Sede na Rua Sena Madureira,  ato em defesa da Caixa 100%, contra a intenção do governo Temer tornar o banco uma empresa de sociedade anônima, entre outras medidas que prejudicam os funcionários e toda a sociedade. Na ocasião, a população será alertada através de panfleto para a importância da Caixa como banco público e a necessidade de que permaneça 100% público.

Nesse mesmo dia 7/12, é provável a realização da reunião do Conselho de Administração da Caixa, com previsão de acontecer  um grande ataque de Temer contra a Caixa 100% Pública e sua função social, contra os empregados, empregos e direitos, pois poderá ser votada a alteração no estatuto da Caixa, para transformar o banco em uma sociedade anônima. Tornar a Caixa uma S/A é meio caminho andado para abrir o capital do banco e sua  privatização.

A categoria precisa ficar atenta e participar das atividades organizadas pelo Sindicato, pois a direção da Caixa já queria ter aprovado a mudança do estatuto na reunião ocorrida em 18 de outubro, e só não conseguiu graças à mobilização dos empregados em todo o País. Desta forma, mais uma vez vamos pra luta para barrar este ataque contra a Caixa. Junte-se ao Sindicato nesta luta, que é de todos nós!

Outros ataques à Caixa

Entre outros ataques de Temer à Caixa e seus empregados está a intenção de impor teto de gastos com o Saúde Caixa, plano de saúde dos trabalhadores. Além disso, a direção do banco já revogou o RH 151, que assegurava a incorporação de função para empregados comissionados por 10 anos ou mais. O Sindicato no Ceará entrou com ação judicial contra esse ataque. Na última negociação com representantes dos empregados, a direção do banco negou garantia de emprego, da incorporação de função, entre outras reivindicações.

Também foi implantado, sem qualquer negociação com os representantes dos empregados, o programa Bônus Caixa, que promove a desvalorização dos salários na renda total do trabalhador, segrega os empregados, impõe metas individuais, aumenta o adoecimento e incentiva a competição entre colegas.

A Caixa é a principal responsável pelos investimentos públicos nas áreas da habitação, da agricultura familiar, desenvolvimento regional, redução da fome e da desigualdade socioeconômica. Dividindo com o Banco do Brasil, é também responsável por parte da carteira de crédito agrícola voltado aos pequenos e médios produtores, os responsáveis pela produção dos alimentos que chegam às nossas mesas.

 

Baixe panfleto que será distribuído na quinta-feira (7).

Última atualização: 06/12/2017 às 14:16:54
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Edições Anteriores

Clique aqui para visualizar todas as edições do Informe Bancário
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br