RSSYoutubeTwitter Facebook
Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


  27/11/2017
Edição Nº 1503 de 27 de novembro a 2 de dezembro de 2017
REDUÇÃO SALARIAL

BB ignora decisão judicial e desrespeita seus funcionários

O Banco do Brasil desrespeita seus funcionários, que receberam o adiantamento da metade do 13º em abril e na folha de pagamento de novembro, foi feito o estorno de parte do valor do adiantamento, especialmente dos funcionários que foram descomissionados. O cálculo do valor total do 13º foi feito com base no salário atual, sem o valor da comissão, ou com a comissão reduzida.

Existe uma decisão judicial, em ação impetrada pela Contraf-CUT, que garante aos trabalhadores atingidos pela reestruturação imposta pelo governo Temer, o direito de manter a comissão recebida por dez anos ou mais, incorporando-a aos salários com impactos previdenciários, férias e 13º e outros.

O BB tem o dever de pagar os salários atrasados e o 13º corretamente, incorporando a comissão ao salário. O banco tem prazo de 60 dias para cumprir a decisão judicial.

Última atualização: 27/11/2017 às 13:56:40
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras
 

Versão em PDF

Edição Nº 1502 de 27 de novembro a 2 de dezembro de 2017

Edições Anteriores

Clique aqui para visualizar todas as edições do Tribuna Bancária
 
SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO CEARÁ
   Rua 24 de Maio 1289 - Centro - Fortaleza - Ceará CEP 60020-001
(85) 3252 4266 / 3226 9194 - bancariosce@bancariosce.org.br
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
  www.igenio.com.br